Obesidade

A chlorella é uma substância de fácil digestão que ajuda a emagrecer com saúde, consumindo nutrientes e vitaminas que serão benéficos para o bom funcionamento do seu intestino. Além disso ela prevenirá doenças e fortalecerá os sistemas imunológico e cerebral.

A Chlorella pyrenoidosa é uma micro-alga unicelular de água doce que pode ajudar no controle de obesidade e assim eliminar o uso de moderadores de apetite (Dra. Leonor Angela Barros - fitoterapeuta e médica endocrinologista, RJ).

Em regimes de emagrecimento, a Chlorella apresenta resultados bastante animadores, pois contém o triptofano, um aminoácido que dá a sensação de saciedade. A Chlorella, ao entrar em contato com o suco gástrico, se expande como uma esponja liberando o aminoácido triptofano, fazendo com que a pessoa tenha menos fome.

Se ingerida regularmente, a chlorella emagrece porque possui alta quantidade de fibras. Funciona diminuindo a saciedade, o que fará com que a pessoa sinta menos fome na hora das refeições. Como o sistema digestivo funcionará melhor, quem fizer uso de chlorella emagrece também porque eliminará o inchaço causado pela prisão de ventre, além de toxinas que serão excretadas por sua característica desintoxicante.

Em estudo da Universidade de São Paulo, pacientes que receberam suplementação diária com Chlorella durante oito semanas tiveram níveis de LDL reduzidos de 147 mg/dL para em média cerca de 120 mg/dL, bem como redução do peso, cerca de 4 kg e de IMC.

A chlorella não atua como termogênico nem queimador de gordura, essa não é uma capacidade que esta alga possui. O que acontece é que, através de seu alto valor nutritivo, ela não deixa você passar fome, ao contrário de alguns regimes alimentares.

Drs. Saito e Okanao descobriram que a Chlorella estimula a ação peristáltica dos intestinos  promovendo assim uma rápida digestibilidade. Curiosamente, as pesquisas do Dr. Bernard Jensen revelam que a clorofila tem esse efeito. É provável que o alto teor de clorofila da Chlorella seja responsável por essa estimulação. A clorofila em Chlorella alimenta as bactérias amigáveis no estômago, e sabe-se que a clorofila é um neutralizador de ácidos estomacais.

A Chlorella tem sido muito usada e com excelentes resultados como coadjuvante aos tratamentos da obesidade e celulite. A ingestão de algumas pastilhas 40 a 60 minutos antes das refeições, sempre com água faz com que os nutrientes da chlorella entrem no sistema digestivo enviando um sinal ao cérebro de que a pessoa se alimentou e este aceita como sinal parcial de saciedade, permitindo que se controle a ingestão de alimentos sem ficar com aquela desagradável sensação de fome. Pelo fato das células adiposas reterem toxinas junto com a gordura, além da água, elas aumentam de volume e a pele fica com aparência de casca de laranja. Não se elimina a celulite sem uma boa desintoxicação e melhorando os hábitos de vida. Com o uso contínuo da alga, por seu efeito desintoxicador, melhoramos também este problema.

Num estudo realizado no Japão pesquisadores investigaram os efeitos da alga Chlorella em pessoas com fatores de risco para doenças decorrentes do modo e estilo de vida, concluindo que seus efeitos podem ser muito positivos. Na edição de setembro do Journal of Medicinal Food, pesquisadores de Kyoto, Japão, conduziram a pesquisa controlando, por testes bioquimicos, os efeitos da administração da chlorella nos pacientes pesquisados e confirmaram a redução dos percentuais de gordura corporal, colesterol total e níveis de glucose no sangue. Fonte (Nutrigenomic Studies of Effects of Chlorella on Subjects with High-Risk Factors for Lifestyle-Related Disease” foi publicado no Journal of Medicinal Food, Volume 11, Number 3.)



Trabalhos Científicos Correlacionados

Effect of Chlorella on the changes in the body weight and the rate of catching cold of the 1966 training fleet crew. Japan Medical Science Meeting, Nagoya, Japan, 1966. Kashiwa, Y., Tanaka, Y.